Artigos

marketing de conteudo

O conteúdo ainda é rei

Juntamente com Marketing Digital, E-commerce, Tecnologia e Empreendedorismo, o Marketing de Conteúdo foi uma das principais áreas abordadas no Encontro Locaweb dos Profissionais de Internet 2018, evento realizado em São Paulo/SP que contou com a presença da Agência Madison. Sobre esse tema, separamos as dicas de dois palestrantes que passaram por lá. Bora conferir?

Maurício Cid é o criador do site Não Salvo e um dos blogueiros mais famosos do País. Em 2012, ele foi eleito uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil, lista feita pela Revista Época. Isso porque ele realmente sabe como entregar conteúdo relevante para o seu público: há anos produzindo para a web, ele é capaz de transformar um simples conteúdo em um verdadeiro fenômeno.

Em sua apresentação, ele começou contando um pouco de sua trajetória, que começou com um perfil fictício no Orkut que, depois de criar e administrar mais de mil comunidades que somavam 5 milhões de pessoas, nas quais postava conteúdos humorísticos, foi excluído por “uso indevido” em 2008. Cid concorda que, se você aceita os termos de uma rede social, precisa jogar nas regras do jogo. No final daquele ano, ele criou o blog Não Salvo.

Após dez anos de experiência com o Não Salvo, o principal conselho que ele trouxe para o Encontro Locaweb foi sobre a importância de humanizar a comunicação da marca: “A internet é feita de pessoas, não de robôs. Nem tudo são dados”. Disse ainda não conseguir entender por que existem portais que bloqueiam comentários, uma vez que o entretenimento deve ser interativo e permitir a diversão do público.

Ser relevante para o público mesmo depois de anos é também uma das maiores preocupações de Marcos Castro, do canal Castro Brothers no YouTube, que possui uma história de vida um tanto curiosa. Para se ter uma ideia, entre outras coisas, ele já foi professor de matemática, humorista de stand up comedy, desenvolvedor de jogo, músico e youtuber. Segundo ele, o importante é trabalhar com os seus sonhos, ainda que nossa felicidade mude.

Permita-se testar e esteja preparado para isso.

Descubra e valorize seus talentos pessoais.

Nesse sentido, ele sugere que, para se ter sucesso na carreira, é preciso ter mais sensibilidade ao que você faz bem e explorar o seu talento. Marcos acredita que cada um de nós tem uma assinatura, que ele define como o conjunto de habilidades e talentos de cada pessoa. Mais do que isso, afirma que, depois de tudo o que fez até hoje, sendo a maioria dos projetos bem-sucedida, percebeu que para todas as coisas havia um método. Consciente ou não.

Seja o dentista que discorda dos outros nove.

Ele desenvolveu então o que chama, mesmo que em tom de brincadeira, de Jornada da Inovação, que passa basicamente por pontos como: analisar o que é tendência, ver o que se pode fazer, usar sua assinatura para gerar novas ideias e verificar quais são os pontos de escassez. Ele ainda acrescenta: “Tenha consistência, ninguém entende melhor do que você aquilo que você está fazendo”. Porém, faz um alerta: “Lembre-se de que sozinho você não faz nada, então tenha empatia com quem não está na sua vibe”.

Sucesso! Hoje e sempre.

Postado por
Cláudio é responsável por Marketing de Conteúdo e Digital na Agência Madison