Artigos

Tendências de Marketing Digital

As 15 Principais Tendências de Marketing Digital para 2018

O ano já começou e você está querendo saber quais são as principais tendências para 2018, a fim de se antecipar à concorrência, certo?

Pensando sempre no crescimento mútuo, vou compartilhar agora com você quais são as tendências do Marketing Digital para este ano e quais caminhos devem ser seguidos, conforme acreditamos aqui na Agência Madison.

Bora começar com o pé direito?

  1. Chatbots: Segundo pesquisa realizada durante a SMWSP (Social Media Week), 65% dos profissionais da área vão começar a investir – ou continuar investindo – em chatbots neste ano. Há quem diga que as pessoas preferem mesmo conversar com robôs na hora de ter suas dúvidas esclarecidas, já que suas respostas tendem a ser mais rápidas, educadas e objetivas. Você concorda?

 

  1. Inteligência Artificial: Veja que algumas tendências podem caminhar juntas ao longo deste ano. No caso da Inteligência Artificial (AI), ela pode ser utilizada justamente para incrementar o chatbot e oferecer conversas que imitam a linguagem natural. Em sua estratégia de Marketing Digital, ela ainda se mostra ativa se utilizada para ensinar um software a tomar decisões baseadas em big data, reconhecer imagens, otimizar anúncios

 

  1. Realidade Virtual: Como a tecnologia permite visualizar melhor um produto ou serviço, uma das principais aplicações da realidade virtual é contribuir na decisão de compra.

 

  1. Influenciadores: Segundo um artigo publicado no portal Administradores, algumas pesquisas já comprovaram que pelo menos 90% dos consumidores confiam em recomendações. Pense em pessoas relevantes na internet, que tenham audiência e se encaixem dentro do perfil que você deseja impactar. Vale lembrar que cada mercado é diferente.

 

  1. Marketing de Conteúdo: Segundo o Content Marketing Institute, ele precisa estar integrado às organizações e os materiais criados devem ser diferenciados e produzidos durante um longo tempo. A boa notícia é que as empresas vão encarar o Marketing de Conteúdo com um olhar mais maduro, pelo que tudo indica.   Dica: investir em conteúdo próprio, criativo e informativo é uma das chaves do sucesso para as redes sociais em 2018.

 

  1. Vídeo: Quando o público vê o que está “por trás” de uma empresa, ele tende a ser impactado mais facilmente, não é mesmo? Então pense em tornar sua organização mais humana. Quer exemplos? Stories, transmissões ao vivo e webinars podem lhe ajudar.

 

  1. Mídia out of home: Já pensou em off e online se conversando, a fim de impactar melhor os clientes? Pois bem, esse seria o ideal e um bom exemplo disso é a mídia out of home. Crie conteúdos relevantes e realmente criativos e pense em lugares específicos para impactar seu público (não se esqueça de integrar com redes sociais). Vale colocar ainda que ela costuma ser bem acessível para pequenas e médias empresas.

 

  1. Experiências Personalizadas: Personalização ao longo da jornada de compra será agradável ao cliente e lhe trará resultados incríveis. Acredite.

 

  1. Evolução da busca: Não há dúvida de que a pesquisa está mudando nossas vidas e sendo uma fonte de tráfego para a maioria dos sites. Mantenha os olhos na busca por voz através de dispositivo, inclinada ao aumento neste ano.

 

  1. Realidade Aumentada: Haja vista o Pokémon Go no ano passado, jogos e outras ferramentas com realidade aumentada se mostram como uma maneira de atrair público e criar relacionamento com ele. Aproveite!

 

  1. Design Thinking: Coloque-se no lugar do cliente e tome ações baseadas em estudos realizados por meio de Design Thinking e pesquisas. Empatia nunca deixa de ser tendência. Pense nisso.

 

  1. Automação de Marketing: Tenha uma estratégia muito bem desenvolvida e programada, então aproveite a automação para melhorar processos de comunicação, otimizar tempo e garantir a entrega da mensagem de maneira correta.

 

  1. Mobile: Segundo a 28ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), o Brasil teria um smartphone em uso por habitante até o final de 2017. Que tal adaptar as ferramentas de comunicação para dispositivos móveis e pensar de uma maneira mais ampla em como o usuário receberá a mensagem?

 

  1. Social Media: As marcas têm trabalhado cada vez melhor seus perfis em redes sociais, o que acirra a concorrência. Falar a linguagem do seu público e entender a maneira como cada rede social permite o melhor contato com o usuário com certeza lhe ajudarão.

 

  1. Growth Hacking: O Growth Hacking oferece crescimento do negócio de uma forma mais focada, orientada, sustentável e eficiente – principalmente em empresas que operam diretamente pela internet – por meio de experimentos. É uma nova maneira de se pensar.

É tanta tecnologia, que parece não ter fim. Estar ligado, acompanhando o desenvolvimento de cada uma delas, é fundamental para o sucesso do seu negócio.

Sinceramente, espero ter ajudado com este artigo, mas lembre-se: se perceber que precisa de mais auxílio, estaremos aqui para continuar colaborando.

Sucesso! Hoje e sempre.

Postado por
Cláudio é responsável por Marketing de Conteúdo e Digital na Agência Madison