Artigos

facebook ads

11 práticas essenciais para Facebook Ads

Fábio Prado Lima é públicitário, diretor de agência e professor do Face Ads Descomplicado. Ele foi um dos palestrantes do Encontro Locaweb dos Profissionais de Internet 2018, evento que teve presença também da Agência Madison, e sua apresentação foi sobre as 11 práticas essenciais para Facebook Ads. Se você sabe a importância dessa rede social para o seu negócio, não deixe de conferir abaixo as principais dicas dentro de cada um dos tópicos abordados por ele. Vamos nessa?

1. Briefing

Qual social media ouviu um cliente dizer que quer movimentar as redes sociais? Acontece que essa questão não é tão simples quanto parece. Há uma série de perguntas que precisam ser respondidas sobre o negócio dele e, nesse sentido, o briefing se mostra como uma parte muito importante para a construção da estratégia, já que ele vai esclarecer coisas como o quê o cliente vende, para qual público e qual sua meta. Para auxiliar na produção do briefing, a técnica do 5W2H pode ser muito útil:

  • Who: Para quem? Quem vai fazer?
  • What: O que é? O que vai ser feito?
  • Why: Por quê? Quais os diferenciais para o cliente final?
  • When: Quando começa? Quando termina?
  • Where: Onde vai ser feito?
  • How: Como vai ser feito?
  • How much: Quanto custa?

2. Conhecer o público-alvo

Conheça seu público-alvo e se coloque no lugar dele. Para desenvolver o modelo de negócio da empresa, uma ferramenta que pode ajudar é o Mapa de Empatia, com o qual temos uma boa noção de como o consumidor final pensa, sente, ouve, vê e fala. Para criar campanhas mais relevantes, utilize o Facebook Audience Insights (Informações do Público), com o qual você pode analisar informações demográficas, páginas que o seu público curte, estilo de vida etc.

3. Definir KPIs

Na palestra, Fábio Prado Lima citou uma famosa frase de Robert Kaplan e David Norton: “O que não é medido, não é gerenciado”, ou seja, o que não é medido corretamente, não pode ser melhorado. Mas você sabe o que são KPIs? São as métricas de medição de sucesso que, por sua vez, devem estar alinhadas com seu objetivo. Por exemplo, se for a venda, sua medição deve ser quantidade de vendas, custo por venda e taxa de cliques (CTR), não envolvimento, custo por envolvimento e custo por clique (CPC).

4. Conhecer as opções de segmentação

Fábio Prado Lima define segmentação como o direcionamento do anúncio, já que o Facebook nos dá as opções de filtrar o público por dados demográficos, interesses, comportamentos etc., subir uma lista personalizada, criar uma lista de pessoas que interagiram com o seu perfil comercial no Instagram ou segmentar por públicos semelhantes, que encontra mais pessoas parecidas com os seus melhores clientes.

5. Atenção ao criativo

É preciso ter atenção ao criativo, tanto na parte visual quanto ao texto. Nesse ponto, a dica é estar atento se cada elemento da técnica conhecida como AIDA (Atenção, Interesse, Desejo e Ação) está presente no texto.

6. Definir corretamente o orçamento dos seus anúncios

Um alto orçamento para ser gasto em pouco espaço de tempo faz com que o Facebook acelere seu processo, para conseguir entregar os resultados. Sendo assim, seu público tende a não ser tão assertivo, porque ele maximiza o seu anúncio para entregar para mais pessoas, entende? Por outro lado, uma verba limitada, mas que dá a quantidade de dias necessária para o Facebook entregar os resultados costuma ser mais assertiva.

7. Revisão do anúncio

Não há dúvida de que erros ortográficos são inadmissíveis e tiram toda a credibilidade do seu negócio. Fábio Prado Lima ainda faz um alerta, de que esses erros, causados pela falta de atenção, ainda que bobos, podem fazer sua empresa virar alvo de chacota.

8. Fazer testes A/B de maneira adequada

Um teste A/B feito de maneira correta é aquele que não testa mais de uma variável diferente. Além disso, a sugestão é um alcance de 500 como a quantidade minimamente ideal para se fazer uma análise. Entre as coisas que podem ser testadas, estão: textos, imagens, formatos e segmentações, por exemplo.

9. Acompanhamento dos anúncios

Uma maneira de não jogar seu dinheiro no lixo e ter muito mais sucesso no negócio é tirar 15 minutos do seu dia para analisar os resultados de sua campanha e entender por que ela pode não estar performando da forma correta.

10. Fazer análises corretas dos relatórios

As análises de relatórios sempre devem ser feitas de acordo com o KPI de cada campanha. Vale colocar que, quanto maior o CTR, pontuação de relevância e taxa de conversão, menores os custos por resultados.

11. Fazer a instalação correta e usar o poder do pixel do Facebook

Com o Pixel, o Facebook consegue analisar todo o comportamento do seu público dentro do site: páginas visitadas, abandonos de carrinhos, número de vendas etc. Por isso, sua instalação é muito importante para mensurar resultados de vendas vindas do Facebook, além de ser uma segurança para o cliente analisar se o seu dinheiro foi bem investido.


Essas dicas são realmente muito valiosas, não é mesmo? Muito rico também é o conselho deixado por Fábio Prado Lima: “Mídia é perseverança”. Aqui na Madison, somos apaixonados por mídia e pela entrega de excelentes resultados aos clientes. Se precisar de mais ajuda para aumentar os números de suas redes sociais, você pode continuar contando com a gente.

Sucesso! Hoje e sempre.

Postado por
Cláudio é responsável por Marketing de Conteúdo e Digital na Agência Madison